7 vantagens do WooCommerce

WooCommerce permite desenvolver uma forte estratégia para negócios on-line. Criada para vendas de produtos e serviços na internet, a ferramenta permite a gestão de forma simples e eficaz. Para se ter uma ideia, 30% de todas as lojas virtuais utilizam a plataforma, e os motivos para esse grande percentual você conhecerá agora. Descubra todas as vantagens do WooCommerce.

Conheças as principais vantagens do WooCommerce

1. Solução eficiente

WooCommerce é um plugin do WordPress que facilita a transformação ou integração do site em e-commerce. Com ele é possível vender qualquer coisa, integrar a outras extensões da plataforma, além de outras funcionalidades que proporcionam ao gestor uma visão ampla de sua loja virtual.

Trata-se de um plugin open source com recursos como carrinho de compras, filtros de buscas internas, ordenação de preço, ferramentas de gerenciamento de estoque, facilitadores de pagamento, entre outras ferramentas comuns aos e-commerces.

2. Controle total para seu e-commerce

Todas as páginas, níveis de estoque, vendas realizadas, contas de seus consumidores podem ser controladas mesmo sem grandes conhecimentos em TI. A plataforma open source dá a liberdade para que o gestor possa integrar e remover extensões, modificar o layout, botões.

Em outras palavras, você pode alterar as configurações da sua loja virtual do jeito que quiser e quando quiser.

3. Gerenciamento com facilidade

A interface do WooCommerce é surpreendente e eficiente. Ela permite que usuário possa administrá-la de maneira fácil e o suporte evita dores de cabeça indesejadas. Desde a instalação do plugin até a visualização dos dados de navegação, tudo pode ser realizado e gerenciado de forma intuitiva e prática.

4. Diversas opções de pagamento

WooCommerce possibilita que a loja virtual aceite as principais bandeiras de cartões de crédito, transferências bancárias, PayPal, pagamento na entrega, entre outras modalidades. São mais de 140 formas de pagamento regionais, das quais se destacam Stripe e Amazon Payments.

5. Inúmeros recursos disponíveis

Um dos motivos para se optar pelo WooCommerce é a quantidade de recursos de que ele dispõe, que permitem vender mais. Com ele, é possível comercializar produtos físicos ou digitais e disponibilizar serviços, registrando todas as variações do seu negócio e integrando com os principais marketplaces da rede.

6. Extensões eficientes do WooCommerce

As extensões e plugins permitem uma série de melhorias e implementações, como assinaturas recorrentes, agendamentos, além de extensões das quais se destacam o Google Analytics, Delivery Notes, New Products Badges, entre outras.

São muitas ferramentas que possibilitam criar campanhas de marketing complexas, a exemplo dos cupons de desconto, cálculo de frete, gerenciamento de encomendas, relatórios sobre seus consumidores etc. A grande diversidade de plug-ins agrega muitas vantagens ao WooCommerce.

Seus produtos podem ser publicados com diferentes mídias de apoio, como fotos e vídeos, review e diversas outras funcionalidades.

7. Segurança e suporte

A maioria dos e-commerces brasileiros utiliza o WooCommerce não somente pela facilidade como também pela segurança que este oferece à sua comunidade. São milhões de empreendedores cadastrados em todo o mundo.

Se você precisa de ajuda para montar sua loja virtual WooCommerce sugerimos contratar nossa empresa especializada. Usando essa estratégia, você pode focar apenas em fazer sua loja virtual vender muito.

Os 5 principais erros de e-commerces

As lojas virtuais têm sido uma grande crescente no mercado brasileiro. Mais e mais pessoas aderem diariamente a ideia de ter uma loja virtual, em detrimento da loja física. Os motivos são incontáveis. Tanto os custos, como manutenção, atenção e trabalho se reduzem em relação à percepção de alto lucro.

A estratégia digital atual, portanto, é adotar uma loja na web. A praticidade em vender um produto, trabalhar no marketing deste produto e rentabilizar por meio deste produto é muito maior se comparada a qualquer outra forma de lucrar na web. Ainda diferentemente de uma loja física, por exemplo, a loja virtual está muito mais exposta, a um clique de distância do visitante.

Com a grande adoção, sobressaem-se os erros. Muitos novos empreendimentos acabam pecando gravemente ao abrir uma loja virtual. Para não cometer esses erros de e-commerces e ver seu empreendimento estagnar e consumar no fim, confira os principais e, assim, poder evitá-los:

Pensar no produto e ignorar a marca

Um dos principais erros de e-commerces que nem se percebe que se está cometendo. Esquecer a marca é esquecer a propaganda gratuita que a própria marca terá. É o reconhecimento de imagem e credibilidade descritas. Esquecer da marca e exaltar apenas o produto é o mesmo que enaltecer um cavalo e não ter cela para montá-lo.

Portanto, é preciso cuidar de produto e marca alinhados para oferecer o melhor para o futuro comprador. O marketing digital só terá qualidade e boa execução, caso a marca esteja dentro do que espera, sobretudo, do receptor.

Não dar a devida atenção às fotos dos produtos

Já ouviu o ditado “Uma imagem vale mais do que mil palavras”, certo? Essa frase já clichê do ditado popular é exatamente o que o segundo erro elucida. Não dar a devida atenção às fotos que serão a cara do produto poderá fazer o negócio ruir. Isso porque o comprador só terá a certificação de finalizar o negócio quando ele enxergar o produto em uma foto de qualidade. Como ele não pode ver presencialmente o produto da loja, a foto deve abranger e sanar todas as dúvidas visuais que ele tenha.

As dúvidas visuais, no caso, seriam o que ele vai comprar, como é o produto que ele vai comprar e se o mesmo corresponde com o que é oferecido. Simples. E uma boa foto ajuda muito nisso.

Fazer a pessoa se cadastrar antes de comprar

A exigência de um cadastro antes da finalização da compra é apenas mais um obstáculo. Ou seja, isso pode afastar o potencial comprador apenas pelo desejo de saber informações pessoais do mesmo. Afinal, o mais importante é vender ou saber sobre quem compra?

Saber quem compra é importante, no entanto ter as informações de pagamento e o endereço para a entrega já são o bastante para finalizar uma compra e, assim, lucrar. Dê sugestão ao usuário de se cadastrar após a finalização da compra, mas não exija o cadastro antes da finalização. Isso pode (e vai) afastar potenciais compradores.

Poucas opções de pagamento

Ter poucas opções de pagamento é um grande erro, pois limita o comprador ao que é mais prático ao vendedor. É um terrível e imperdoável erro que muitos e-commerces cometem com medo de arriscar. Afinal, algumas taxas são altas.

No entanto, é preciso ter a ciência de que o tipo de pagamento deve ser cômodo ao comprador, e não ao vendedor.

Não se atentar ao design do site

Um dos principais erros de e-commerces é não ter preocupação com o design do site. O design do site carrega tudo o que diz sobre ele. É necessário atenção para a busca de novos produtos, abranger produtos relacionados e que possam ser de interesses do usuário, assim como a proporção de uma navegação fluída.

O design de um site, além de estar alinhado à marca, também é uma forma do cliente poder encontrar não só o que ele procurava, como também achar o que ele sequer imaginava, mas que era útil para ele.

A partir dos erros, os acertos se sobressaem. Ater-se ao que está errado em outros sites, ajuda com que o empreendedor acerte e tenha sucesso. Seguindo estas pequenas regras, não só sua loja virtual será um sucesso, como o marketing digital da mesma se fará sozinho. Portanto, não cometa estes erros que o seu negócio online decolará!